Fogueiras: grande tradição nordestina nos festejos juninos

5 (100%) 1

fogueiras-de-sao-joao

São João será iluminado com as tradicionais fogueiras nas ruas (foto Tiago Teodósio)

Na região nordestina, diversas famílias mantêm o costume de acender fogueiras durante o período dos festejos juninos. Conta a tradição popular, que a fogueira tem sua origem em um trato feito pelas primas Isabel (mãe de São João Batista) e Maria (mãe de Jesus Cristo). Isabel teria pedido para acender uma fogueira no topo do monte para avisar a sua prima Maria que seu filho havia nascido.

A véspera do São João e São Pedro são os dias que tradicionalmente a população acende as fogueiras juninas, muitos por tradição, no qual, ao mesmo tempo aproveitam para reunir familiares ao redor da fogueira, pra dançar muito forró e saborear as comidas típicas.

Vendedores aproveitam as festividades juninas para a venda de lenhas (foto Rogério Almeida)

Vendedores aproveitam as festividades juninas para a venda de lenhas (foto Rogério Almeida)

Nesta época, os vendedores de lenhas aproveitam para aumentar o seu lucro, porém alguns alegam que as vendas este ano diminuiu bastante. Segundo Carlos Sérgio de Almeida, vendedor há mais de 30 anos, ele diz que a procura está fraca, muito devagar e informa ainda que nos anos anteriores chegava a vender 20 mil quilos de lenha e que atualmente vendeu apenas 5 mil.

Manter a tradição é importante, porém, a população deve lembrar que para acender as fogueiras é preciso seguir algumas regras. Pois, o Ministério Público estabelece desde 2010, por meio de uma decisão da Vara da Fazenda, que é proibido acender fogueiras em locais com pavimentação asfáltica ou a 200 metros de estabelecimentos públicos, privados e ou coletivos, como também, levando em consideração o Código Municipal de Defesa do Meio Ambiente, que proíbe queimar fogueiras no entorno das árvores. Por isso, é só obedecer as regras, acender a fogueira e curtir o Maior São do Mundo em Campina Grande.

Da redação
Com: Gilvaneide Grismino Alexandre