Hospital da PB lança campanha para prevenir queimaduras no São João

Avalie esta postagem

hospital_trauma_campinagrandeCom a chegada do período junino e a tradição das fogueiras e fogos de artifício o número de entradas de acidentados por queimaduras Hospital de Emergência Trauma de Campina Grande aumenta. Somente no mês de junho do ano passado foram registrados 76 casos pacientes atendidos por este tipo de acidente. Entre os casos, deram entrada 23 pessoas com ferimentos causados por fogos e fogueiras, sendo 14 crianças na faixa etária de zero a 12 anos.

Por conta desse aumento, o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, lançou nesta segunda-feira (6) a Campanha de Prevenção às Queimaduras, que tem como slogan “Queimadura: O descuido dura um instante. As marcas permanecem toda uma vida”.

A mobilização da Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ),  vai aconteceu até o fim do mês de junho. A abertura da campanha coincide com o Dia Nacional da Luta contra a Queimadura. Segundo a Sociedade Brasileira de Queimados, o país registra 1 milhão de acidentes por ano e 30% das vítimas são crianças.

De acordo com a médica Isis Lacerda, em época junina os acidentes com fogos e fogueiras tornam-se responsáveis por cerca de um terço dos atendimentos na Unidade de Queimados. A maior quantidade de queimaduras acontece nos dias 12, 23 e 28 de junho, respectivamente, vésperas dos dias de Santo Antônio, São João e São Pedro, quando o nordestino mantém a tradição de acender fogueiras e fogos de artifício.

Segundo hospital os pais devem ficar atentos a classificação de idade indicada pelos fabricantes de fogos de artifício e sempre ficar em alerta a forma como as crianças vão usar eles. Outro exemplo comum de acidentes ocorre quando as fogueiras acabam, as brasas ficam em cobertas por cinzas e são pisadas por crianças. Segundo os médicos, em casos de queimaduras não deve ser aplicado creme dental, café, açúcar, vinagre ou outro produto similar, pois isso agrava o ferimento.

Para alertar as crianças, equipes de saúde do Hospital de Trauma vão realizar uma série de palestras será realizada em escolas da cidade. O Hospital de Emergência e Trauma é o único em Campina Grande que possui uma Unidade de Queimados com atendimento ambulatorial e hospitalar, atendendo a população do compartimento da Borborema.

Outras dicas do Hospital de Emergência Trauma de Campina Grande para curtir o São João com segurança são não segurar os fogos de artifício com as mãos; nunca transportar fogos nos bolsos; não permitir que crianças adquiram fogos de artifício; prender o rojão em local fixo; não tentar reacender fogos que falharem; disparar os fogos somente ao ar livre, um de cada vez;
sempre ter um recipiente de água e molhar fogos que falharem; conferir o certificado de garantia do foguete; nunca associar bebida alcoólica ao uso de fogos.

Tópicos: