Médicos Wédna Torres e Evaldo Dantas da Nóbrega celebram festejos juninos com familiares e amigos

Avalie esta postagem

panoramica_acude_velhoCampina Grande, no mês de junho atrai multidões para conhecer o Maior São João do Mundo, as quadrilhas juninas, as comidas típicas, os artesanatos, o forró, enfim, são atraídas para apreciar a cultura nordestina. 

A manifestação popular em louvor aos santos Antônio, João e Pedro é parte das raízes culturais do Nordeste, as homenagens revelam quanta devoção existe por trás das festas (religiosas ou/e profanas), que se realizam durante o mês de junho. “A fogueira está queimando, em homenagem a São João…”, entre os três, este santo detém o maior número de devotos, segundo a crença popular, ele é responsável pela colheita de milho e feijão que se verifica na época, e mesmo quando não há fartura, o santo é homenageado com muita fé e festa. 

pan_piscinaE o nordestino é um povo acolhedor, aproveita estes festejos juninos para se confraternizarem com os seus familiares e amigos. Um desses exemplos é o Dr. Evaldo Dantas da Nóbrega, nascido em Patos, mas campinense de coração, mora em Campina Grande desde 1983 e há mais de 10 anos ornamenta a sua residência com bandeirolas, artigos tradicionais do sertão nordestino e muita comida para os convidados saborearem o tempero nordestino.

A religiosidade é algo muito marcante na família Nóbrega, é um momento solene, entre amigos para homenagear os santos deste festivo mês de junho. Entre os convidados encontramos famílias de outros Estados como o Rio Grande do Sul e Ceará, que se surpreenderam com a grandiosidade das comemorações juninas e o quanto é importante mês para todos os nordestinos.

Da redação
Por Gilvaneide Grismino Alexandre

Galeria de fotos