Operários começam manutenção em trilhos do Trem do Forró na Paraíba

Seu Voto

trilho_2_locomotivaforozeira

(Foto: Reprodução / TV Paraíba)

Faltando duas semanas para a primeira viagem do Expresso Forrozeiro agendada, começou neste fim de semana o trabalho de recuperação da linha ferroviária entre a cidade de Campina Grande e o Distrito de Galante, na Zona Rural do município. As obras foram iniciadas depois que a realização do evento ficou ameaçada pela falta de condições na linha ferroviária que corta a Paraíba.
Para que seja possível a passagem do trem, está sendo feita a capinação e limpeza de 28 quilômetros de trilho entre a cidade de o distrito. Também para garantir segurança na viagem está sendo necessária a troca de cerca de 5 mil bases de madeira que sustentam os trilhos.

O serviço conta com a atuação de 72 pessoas, sendo 22 técnicos da empresa Trasnordestina, responsável pela malha ferroviária da Paraíba, e outro 50 homens da prefeitura.

Segundo o secretário de obras da prefeitura de Campina Grande, Geraldo Nobre, a previsão é que o serviço seja concluído no dia 9 de junho, dois dias antes da primeira viagem, quando a linha vai passar por uma vistoria.

“A capinação já está bem avançando e a limpeza, tendo em vista que algumas pessoas jovem lixo nos trilhos ao longo do ano. Serão trocadas cinco mil bases e a previsão é que fique tudo pronto até o dia 9, quando vai aconteceu a vistoria da Associação Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) junto a Companhia Brasileira da Trens Urbanos (CBTUR)”, disse Geraldo Nobre.

Expresso Forrozeiro
As viagens do Expresso Forrozeiro acontecem nos dias 11, 12, 18, 19, 25 e 26 de junho. Além destas datas, no dia 23 acontecem shows no Distrito de Galante, mas sem o “trem do forró”.

A locomotiva forrozeira sai da Estação Velha na cidade de Campina Grande e vai até o distrito de Galante, na zona rural do município. Dentro dos vagões trios de forró pé de serra tocam durante a viagem inteira.