Recicla São João recolhe 15 toneladas de resíduos recicláveis durante Maior São João do Mundo

5 (100%) 1

Recicla São João recolhe 15 toneladas de resíduos recicláveis durante Maior São João do Mundo
Cerca de quinze toneladas de resíduos sólidos recicláveis foram recolhidas no Parque do Povo durante os festejos d’ O Maior São João do Mundo. Esta foi a quantidade divulgada pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), neste último final de semana do evento, dentro do Projeto Recicla São João, da Prefeitura Municipal. O secretário Geraldo Nobre (Sesuma), disse que o resultado é satisfatório porque mostra o empenho dos catadores de materiais recicláveis e a parceria com os proprietários de restaurantes, bares e quiosques montados no Parque do Povo. “É um trabalho humanizado, que ocorre de forma planejada”, ressaltou Nobre.

A coleta de materiais recicláveis foi realizado por 44 catadores cadastrados que fazem parte das cooperativas de materiais recicláveis de Campina Grande (Catamais, Cotramare e Catacampina, além das associações Arensa e Cavi). As ações desses catadores foram coordenadas pela Sesuma e secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico e Ciência Tecnologia e Inovação.

Além de manter a limpeza das ruas do Parque do Povo e fazer a coleta segura dos materiais recicláveis, descartados pelos barraqueiros e donos de quiosques, o Recicla São João objetivou inserir o evento “Maior São João do Mundo” na categoria de eventos sustentáveis. A proposta era assegurar a redução dos impactos, provocados pelos resíduos sólidos descartados, além de promover a ocupação e geração renda para os catadores das associações e cooperativas do município.

O Recicla São João tinha ainda como meta incentivar a reintrodução desses materiais no processo produtivo da reciclagem, conforme as normas do Plano Municipal de Gestão integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), aprovado em 2014.

Para auxiliar no trabalho dos catadores foram instalados, desde o primeiro dia do Maior São João do Mundo, uma unidade fixa de apoio para os catadores e um caminhão da Sesuma. Ambos ficaram no Parque do Povo, em frente à Pirâmide. Outro auxílio para os catadores foi a instalação de 160 lixeiras e 80 tonéis, em toda a área da festa, para manter o espaço limpo e facilitar a coleta dos resíduos.

A colocação do caminhão foi necessária porque o material coletado à noite e de madrugada pôde ficar reservado, permitindo ao catador voltar para casa sem a preocupação de carregar grandes quantidades em sacos pesados. Esse material reservado era levado, posteriormente, para os galpões das cooperativas, onde depois passaria por um processo de triagem. O valor arrecadado, com a venda dos reciclados, será dividido entre os catadores, respeitando as regras de cada cooperativa.

Os catadores também receberam os Equipamentos de Proteção Individual (EPI´S), doados pelo Ministério Público do Trabalho, além de terem direito a alimentação, transporte e aos serviços do caminhão para o transporte dos resíduos. Os catadores também receberão um auxílio financeiro, no valor de R$ 450,00 (individual), como incentivo e reconhecimento pelo trabalho realizado.
Codecom – PMCG

FONTE: Da Redação com Codecom/CG