Salão do Artesanato 2017 oferece quase 1 km de opções de stands, em Campina Grande

Salão do Artesanato 2017 oferece quase 1 km de opções de stands, em Campina Grande
Avalie esta postagem

26º Salão do Artesanato da Paraíba faz homenagem a transposição do Rio São Francisco (Foto: Artur Lira/G1)

Quem visitar o 26º Salão do Artesanato da Paraíba, em Campina Grande, no Agreste paraibano vai poder andar por 950 metros de stands, com uma grande variedade de opções. A estrutura foi montada em forma de circuito onde é preciso atravessar todo o percurso para chegar ao fim. Nos stands são encontrados diversas peças de artesanato em tipologias algodão colorido, metal, barro, tecido, rendas, madeiras comidas, temperos e bebidas.

O salão está expondo peças de 333 artesãos de 80 municípios da Paraíba. O evento acontece até o dia 2 de julho e o local está aberto todos os dias 14h às 22h. Na edição deste ano o Salão do Artesanato da Paraíba faz uma homenagem a São Francisco, com tema “Das águas que renovam a esperança nasce o desenvolvimento” voltado para a transposição do Rio São Francisco.

Hall de entrada traz decoração com saquinhos de água iluminados e imagem de São Francisco (Foto: Artur Lira/G1)

De acordo com a gestora do evento, Lu Maia, a movimentação financeira esperada é de 17,7% maior que a do ano passado. Se chegar a R$ 1 milhão, o crescimento vai ser de 38,5%. Ela destacou que a escolha do tema tem relação com a necessidade do artesão em ter água para conseguir matéria-prima. “A tranposição do Rio São Francisco foi uma obra que trouxe esperança para todos os paraibanos. E o artesão também depende da água para ter sua matéria prima”, disse a gestora Lu Maia.

O encanto com a arte manual começa logo na entrada do salão, onde foi montada uma estrutura com uma imagem de São Francisco, com 1,7 metro de altura. No teto deste espaço foram pendurados saquinhos de plástico com água, para simbolizar gotas de chuvas, que são iluminados por refletores azuis. O local está sendo bastante procurado para fotos.